Imprensa livre e independente
09 de julho de 2019, 17h51

Glenn Greenwald provoca Dallagnol e Carlos Bolsonaro pelo Twitter

O recado de Greenwald faz duas alusões bem claras: a primeira ao fato do vereador carioca Carlos Bolsonaro e sua suposta ligação com o "Pavão Misterioso", e a segunda à negativa de Deltan Dallagnol de comparecer à Câmara dos Deputados para prestar depoimento em comissão da Câmara dos Deputados, como ele fez semanas atrás, e fará de novo, no Senado, nesta quinta-feira (11).

Tuíte de Glenn Greenwald contra Carlos Bolsonaro e Deltan Dallagnol (Foto: Reprodução)
O jornalista Glenn Greenwald não ficou em indiretas ao criticar o vereador Carlos Bolsonaro e o procurador Deltan Dallagnol, e citou diretamente os dois em um tuíte publicado em sua conta pessoal, nesta terça-feira (9). Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Na mensagem, o chefe do The Intercept Brasil afirmou que “em contraste com os seguidores de Carlos Bolsonaro -que que se escondem covardemente no escuro e acusam de anonimato – nós assinamos nossos nomes em nossos artigos. Em contraste com Deltan Dallgnol, vou estar no Senado na quinta-feira para...

O jornalista Glenn Greenwald não ficou em indiretas ao criticar o vereador Carlos Bolsonaro e o procurador Deltan Dallagnol, e citou diretamente os dois em um tuíte publicado em sua conta pessoal, nesta terça-feira (9).

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Na mensagem, o chefe do The Intercept Brasil afirmou que “em contraste com os seguidores de Carlos Bolsonaro -que que se escondem covardemente no escuro e acusam de anonimato – nós assinamos nossos nomes em nossos artigos. Em contraste com Deltan Dallgnol, vou estar no Senado na quinta-feira para discutir nosso trabalho. Essa é a diferença”.

O recado de Greenwald faz duas alusões bem claras. A primeira ao vereador carioca Carlos Bolsonaro, que costuma reproduzir as denúncias do perfil de Twitter “Pavão Misterioso”, com denúncias conspiratóriaas e diálogos manipulados contra o jornalista estadunidense, seu marido (o deputado federal David Miranda, do PSOL-RJ), o editor do The Intercept Brasil, Leandro Demori, e outras figuras, tentando desqulificar as denúncias da Vaza Jato. Muitos defendem que o próprio Carlos Bolsonaro é a pessoa por traz do perfil “misterioso”, e por sua declaração, Greenwald parece acreditar que se trata do próprio Carlos ou de alguém ligado a ele.

Veja também:  Dallagnol disse à esposa que pretendia ganhar até R$ 400 mil líquidos com palestras em 2018

A outra alusão é sobre a negativa de Deltan Dallagnol de comparecer à Câmara dos Deputados para prestar depoimento em comissão da Câmara dos Deputados. Tanto que o tuíte de Greenwald está linkado com outro, da conta do Senado Federal, lembrando sua próxima visita ao Congresso, na próxima quinta-feira (11), para falar sobre as reportagens ao Senado. Semanas atrás, ele participou em evento similar, na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum