Imprensa livre e independente
10 de junho de 2019, 10h49

Glenn Greenwald rebate Eduardo Bolsonaro: “Defensores de Moro usam pequenos ataques como distração”

O editor do The Intercept Brasil criticou a estratégia adotada pelo filho de Bolsonaro e por apoiadores de Moro de tentar desviar o foco da #VazaJato

Moro com Eduardo Bolsonaro e o jornalista Glen Greenwald (Montagem)
O editor do The Intercept Brasil respondeu a uma mensagem publicada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticando uma estratégia adotada por ele e pelos apoiadores de Moro de tentar desviar o foco do conteúdo dos vazamentos publicados pelo veículo. Leia também Eduardo e Carlos Bolsonaro atiçam milícia digital contra jornalista Glen Greenwald, do Intercept Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo. “Observe como Eduardo Bolsonaro, como todos os defensores de Moro, usa pequenos ataques para distrair o que o ministro da Justiça de seu pai e Deltan disserem e fizeram”,...

O editor do The Intercept Brasil respondeu a uma mensagem publicada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticando uma estratégia adotada por ele e pelos apoiadores de Moro de tentar desviar o foco do conteúdo dos vazamentos publicados pelo veículo.

Leia também
Eduardo e Carlos Bolsonaro atiçam milícia digital contra jornalista Glen Greenwald, do Intercept

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Observe como Eduardo Bolsonaro, como todos os defensores de Moro, usa pequenos ataques para distrair o que o ministro da Justiça de seu pai e Deltan disserem e fizeram”, postou Glenn em referência à seguinte mensagem publicada pelo deputado: “Glenn Greenwald, ex-CNN, foi o porta voz do Snowden para vazar tudo que ele sabia sobre dados confidenciais dos EUA no caso conhecido como Wiki Leaks. Além disso, Glenn vendeu no exterior a tese que o impeachment da Dilma foi golpe”.

A Vaza Jato gerou forte repercussão nacional e internacional e promete atingir diretamente o ministro da Justiça, Sérgio Moro, flagrado atuando como auxiliador da esfera acusatória, na figura do procurador Deltan Dallagnol.

 

Veja também:  Censura a Miriam Leitão é ação da Ku Klux Klan ideológica tupiniquim

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum