Negro, ex-infrator, vegetariano e policial: Quem é Eric Adams, novo prefeito de Nova York

Eleito com 66,5%, o democrata é o segundo afro-americano a comandar a maior cidade dos EUA, onde serviu nas forças de segurança por 22 anos

Foto: The New York Times (Reprodução)
Escrito en GLOBAL el

Eleito com ampla margem (66,5%), o democrata Eric Adams, de 61 anos, será o novo prefeito de Nova York, substituindo Bill de Blasio, também do seu partido. Ele derrotou o republicano Curtis Sliwa.

Adams serviu por 22 anos no Departamento de Polícia de Nova York, a maior força policial dos EUA, até deixar as ruas, em 2006, no posto de capitão. Mas, como um jovem negro, nascido no Brooklin e criado no Queens, distritos com bairros então perigosos da Big Apple, e ex-infrator foi parar polícia?

Ainda que os jornais norte-americanos afirmem que Adams contou várias versões diferentes para o crime que cometeu na adolescência, o prefeito eleito de Nova York teria, aos 15 anos, junto com o irmão, invadido a casa de uma prostituta que devia dinheiro a eles. A dupla teria sido agredida pelos policiais.

Detido, Adams prometeu a si que entraria para a polícia para mudar a forma como a corporação atuava, notoriamente imersa numa cultura racista e de truculência.

Em meados dos anos 90, ele formou um grupo de agentes batizado de 100 Negros Que Se Importam, que pedia por um sistema policial mais justo e humano para os afro-americanos. A empreitada rendeu-lhe popularidade.

Entrou para a política e filiou-se ao Partido Republicano, mas hoje assume que só o fez para protestar contra o líder do Partido Democrata à época, contrário às pautas ligadas aos interesses dos negros. Não demorou muito e trocou de legenda para então ser eleito senador estadual em Nova York em 2007.

Após descobrir que era diabético, há cinco anos, Adam deixou de comer carne e tornou-se vegetariano, o que segundo o prefeito eleito mudou totalmente sua vida, revigorando sua saúde.

Após o anúncio oficial de sua vitória, o homem que comandará o maior orçamento municipal dos EUA nos próximos quatro anos chegou à conferência do Partido Democrata para comemorar a vitória segurando um quadro com a foto de sua mãe, que faleceu no começo deste ano, ainda que o então candidato não tenha revelado isso em momento algum da campanha.

Orgulhoso, Adam contou que foi criado sem pai, numa região perigosa e violenta, por uma mulher negra que trabalhava como doméstica e cozinheira e que era filiada a um sindicato.

A posse de Eric Adams, que se define como um defensor das classes média e popular, mas amigo dos poderosos empresários de Manhattan, está marcada para o dia 1° de janeiro de 2022, data em que se encerrará os oito anos da administração anterior liderada pelo também democrata Bill de Blasio, na cadeira desde 2014.