PÂNICO NO AR

VÍDEO: Aviões quase colidem no céu dos EUA e imagens chocantes viralizam nas redes

Aeronaves eram de subsidiárias da American e da United Airlines, principais linhas aéreas do país; a quase tragédia ocorreu próxima ao aeroporto de Syracuse, em Nova York

Aviões quase colidem no céu dos EUA e imagens chocantes viralizam na web.Créditos: Reprodução/X
Escrito en GLOBAL el

Imagens chocantes que mostram dois aviões comerciais quase se chocando no céu de Syracuse, no estado de Nova York, EUA, viralizam nas redes sociais e tomam as páginas da imprensa na noite desta quarta-feira (10). O incidente, no entanto, ocorreu na última segunda (8).

O vídeo que viralizou nas redes sociais foi feito por uma câmera de segurança da polícia de Syracuse. As imagens mostram a quase tragédia que ocorreu próxima ao aeroporto da cidade. Nelas, é possível observar uma aeronave que chega para aterrissar ao mesmo tempo em que um segundo avião decola do local. Eles parecem passar raspando entre si, e, na realidade, foi quase isso.

Ambas as aeronaves são do mesmo modelo, o Bombardier CRJ-700. O voo que aterrissava era da PSA, uma subsidiária da American Airlines. O outro voo, que decolava, era da Endeavor, subsidiária da Delta Airlines. American e Delta são as maiores companhias aéreas dos EUA.

De acordo com informações da CBS, o incidente ocorreu por volta da uma da tarde. O controlador de tráfego aéreo do aeroporto internacional de Syracuse Hancock autorizou o pouso do voo 5511 da PSA ao mesmo tempo em que liberou a decolagem do 5421 Endeavor. Ambos utilizariam a mesma pista.

Ao perceber o erro, ele orientou o piloto da PSA a arremeter, ou seja, postergar o pouso enquanto dava voltas extras sobre o espaço aéreo da cidade. De acordo com dados do radar, as aeronaves ficaram distantes uma da outra a 200 metros, no ponto mais próximo entre elas.

À imprensa americana, passageiros relataram momentos de pânico no ar. Ouviram o forte estrondo de ventos e jatos propulsores no momento em que os aviões se cruzaram. Não há relatos de feridos e a Agência Federal de Aviação (FAA) dos EUA está investigando a ocorrência.

Veja o vídeo