Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de novembro de 2019, 20h16

Alberto Fernández revela plano traçado com Peru e México para salvar Evo Morales

Argentino participou de articulação feita com Martín Vizcarra, do Peru, e López Obrador, do México, para garantir asilo político ao ex-presidente boliviano; um avião será enviado

Evo Morales - Foto: Reprodução/Twitter

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, revelou na noite desta segunda-feira (11) que a saída de Evo Morales da Bolívia só será possível através de uma ação conjunta entre ele e os presidentes do México, López Obrador, e do Peru, Martín Vizcarra. O México concedeu asilo político ao ex-presidente boliviano, vítima de um golpe de Estado.

Em discurso feito no lançamento do seu livro “Política e eleições na América Latina”, Fernández dedicou parte do seu discurso ao golpe ocorrido na Bolívia e aproveitou para comentar sobre o asilo de Evo Morales. Fernández conta que, através de uma articulação feita por ele e pelos presidentes do Peru e do México, será possível levar Morales da Bolívia para o solo mexicano.

“Temos que ter uma grande gratidão com o presidente Lopez Obrador. O México está fazendo isso de novo, como aconteceu conosco nos anos 70”, conta o peronista, referindo-se aos asilos concedidos pelo México durante a ditadura do Terrorismo de Estado , na Argentina. “Agradeço a Vizcarra, que abriu o espaço aéreo para o avião que vai buscar Evo”, completa.

Apenas com o apoio do peruano que será possível levar Morales para fora da Bolívia. O espaço aéreo boliviano está fechado, então foi preciso um plano que garantisse a chegada de um avião enviado por López Obrador no Peru para que Morales pudesse decolar.

“Não é um bom dia para nós. Na Bolívia se interrompeu a democracia. E as coisas aconteceram de tal maneira que geraram uma crise social e um enfrentamento enorme que não se sabe onde termina”. afirmou ainda.

Assista à declaração de Fernández (a fala começa em 32;

 

Golpe na Bolívia


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum