Fórum Educação
21 de Maio de 2020, 21h57

Alemanha planeja estatizar parte da Lufthansa para salvar a empresa

Estado deve assumir 25% da companhia. Angela Merkel explicou que a empresa foi fortemente afetada pela crise do coronavírus, e que “uma decisão a este respeito é iminente”

Aviões da Lufthansa (foto: DPA)

A chanceler Angela Merkel reconheceu que a Alemanha está preparando uma proposta para adquirir 25% das ações da companhia aérea Lufthansa, e assim salvar a empresa da quebra.

A mais conhecida companhia aérea alemã foi fortemente afetada pela crise do coronavírus. Entre abril e maio deste ano, chegou a registrar apenas 1% dos passageiros que transportou no mesmo período, no ano passado.

“O governo está mantendo conversas com a empresa e com a Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia, que é comandado pela também alemã Ursula von del Leyen). A decisão é esperada em breve”, declarou Merkel, em entrevista à imprensa do seu país.

O plano de resgate da Lufthansa, junto com um grupo que agrega várias outras companhias aéreas, deve movimentar cerca de 9 bilhões de euros. O SPD (Partido Social-Democrata alemão), disse que aprovará a proposta de Merkel, porém, exigirá que o Estado passe a ter voz nas decisões do grupo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum