Apoiador de Trump invadiu Congresso dos EUA vestindo blusa com apologia a Auschwitz

Entre os seguidores do presidente estadunidense que causaram distúrbios no Capitólio nesta quarta, um chamou a atenção com vestimenta em homenagem ao emblemático campo de concentração nazista

Milhares de partidários de Donald Trump invadiram o Congresso dos Estados Unidos nesta quarta-feira (6), mas alguns deles, captados pelas câmeras, despertaram mais a atenção que outros.

Um exemplo é o caso de um sujeito não identificado, de longa barba e uma blusa ainda mais chamativa, por sua mensagem de apologia ao campo de concentração de Auschwitz, um dos mais conhecidos dos locais utilizados durante o genocídio dos judeus cometido pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

A blusa do apoiador de Trump dizia “Acampamento Auschwitz” e era adornado pelo desenho de uma caveira, além de trazer, abaixo, a frase “o trabalho liberta”, lema dos letreiros colocados na entrada dos campos de concentração nazistas.

O campo de concentração de Auschwitz, no Sul da Polônia, foi um dos maiores utilizados pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Calcula-se que entre 1,3 milhão e 3 milhões de judeus perderam a vida no local, e muitos outros foram resgatados com vida, após sobreviver a torturas e maus-tratos durante meses, ou anos.

Notícias relacionadas

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR