Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de março de 2019, 17h18

Após abrir Brasil aos EUA, Bolsonaro ganha de Trump camiseta com estampa “suspeita”

Depois de liberar a Base de Alcântara aos Estados Unidos e isentar cidadãos norte-americanos de visto sem pedir nenhuma contrapartida em troca, o presidente Jair Bolsonaro, ao menos, ganhou de Trump uma camiseta de futebol com seu nome e número "colados"

Reprodução

Depois de dois dias em Washington mostrando submissão ao governo dos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro, finalmente, ganhou algo do presidente Donald Trump: uma camiseta da seleção estadunidense de futebol.

Após liberar aos EUA o uso da Base de Alacântara, no Maranhão, e isentar os cidadãos norte-americanos de visto para entrar no Brasil, sem pedir nada em troca, Bolsonaro se reuniu com Trump na Casa Branca onde seguiram um costume antigo entre chefes de Estado: o de trocar camisetas de futebol dos países.

Bolsonaro presenteou o presidente dos EUA com uma camiseta oficial da seleção canarinho com o número 10 e o nome de Trump estampado. Já o presidente norte-americano entregou ao capitão da reserva uma camiseta da seleção de futebol de seu país com o nome de Bolsonaro e o número 19, em alusão ao ano de 2019. Chamou a atenção, no entanto, a “estampa” do número e do nome do presidente brasileiro na camiseta: diferente da camiseta brasileira entregue a Trump, a camiseta dos Estados Unidos parecia ter sido “adaptada” de última hora. A impressão, pelas fotos, é que o nome de Bolsonaro e o número tenham sido “recortados” e “colados” na superfície da camiseta.

O fato não passou despercebido entre internautas.

Confira a repercussão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum