Fórumcast, o podcast da Fórum
15 de agosto de 2019, 17h56

“Aquaman” é “preso” em protesto em defesa do Meio Ambiente, no Havaí

Jason Momoa, intérprete do super-herói Aquaman nos cinemas, participou de um protesto no Havaí contra a construção de um telescópio na montanha sagrada de Mauna Kea

Reprodução/Instagram

O ator Jason Momoa, intérprete do super-herói Aquaman nos cinemas, participou de um protesto no Havaí, Estados Unidos, contra a construção de um telescópio na montanha sagrada de Mauna Kea. Durante a manifestação ele foi “preso” por outros manifestantes e publicou uma foto que viralizou.

Momoa é natural do Havaí e vem se mobilizando contra a construção do telescópio Thirty Meter Telescope (TMT) já há alguns meses. A obra, orçada em R$ 5 bilhões está prevista para acontecer no cume do vulcão Mauna Kea, considerado sagrado. O TMT teria 30 metros de altura e é bancado pela Universidade da Califórnia.

O astro de Hollywood já chegou a dizer, inclusive, que só irá gravar a sequência de Aquaman caso a construção seja interrompida e o local seja preservado. Ele cita ainda ainda que há um outro telescópio no local, o Subaru, construído em 1991.

“Desculpe Warner Bross, não podemos filmar ‘Aquaman 2’. Porque Jason foi atropelado por um trator tentando parar a profanação de sua terra natal. Isso [a construção] não vai acontecer. Não vamos deixar vocês fazerem isso mais. Basta. Vão para outro lugar”, escreveu em seu Instagram


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum