Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de fevereiro de 2020, 21h02

Aquecimento global provoca aumento do canibalismo entre os ursos polares

Estudos de cientistas russos mostram o aumento da atividade humana no Ártico e o derretimento do gelo fez diminuir a quantidade de alimentos, o que leva os ursos machos a atacarem fêmeas e filhotes

Ursos Polares no Ártico (foto: Página/12)

Se você ainda acredita naquele ursinho ternura da propaganda de refrigerante, prepare-se para se deparar com uma realidade que pode estragar a sua nostalgia infanto-juvenil.

Primeiro, porque o canibalismo entre ursos polares não é tanto uma novidade, como explica o cientista russo Ilya Mordvintsev: “o canibalismo entre os ursos polares é um fato conhecido há muito tempo, mas estamos preocupados porque esses casos que eram até raros há um tempo atrás, passaram a ser bastante mais frequentes nos últimos tempos”.

O que faz com que um comportamento inusual se torne algo que começa a ser cotidiano no universo dessa espécie? Segundo Mordvintsev, a resposta é o aquecimento global, suas causas e consequências.

O estudo russo indica que os ursos estão percebendo uma importante diminuição da presença de focas e peixes, espécies que são suas principais caças, e que essa situação é provocada pelo derretimento do gelo – causado pelo aquecimento global – e também pelo aumento da presença humana no Polo Norte.

“Em certos períodos do ano em que diminui mais drasticamente a quantidade de alimento, os machos começam a atacar as fêmeas e os filhotes”, explicou Mordvintsev, que é investigador do Instituto Severtsov para Problemas Sobre a Ecologia e a Evolução, sediado em Moscou.

O estudo russo também indica que o nível de gelo no Ártico no final do verão se reduziu cerca de 40% nos últimos 25 anos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum