Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de fevereiro de 2020, 11h39

Assange diz que Trump lhe ofereceu indulto para negar “trama russa”

O hacker australiano, preso desde abril do ano passado, assegura que tem provas da oferta. Ele aguarda julgamento que pode lhe render prisão perpétua nos Estados Unidos.

Foto: Wikimedia Commons

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, preso em Londres desde abril do ano passado, afirmou que o presidente estadunidense Donald Trump ofereceu a ele um indulto caso ele o ajudasse a se desvencilhar da acusação de ter recebido ajuda da Rússia na campanha eleitoral de 2016.

A denúncia foi divulgada pelos advogados de Assange, que também foi quem revelou, há quatro anos, o escândalo do uso irregular dos correios eletrônicos do Departamento de Estado pela então candidata presidencial Hillary Clinton – o que foi usado por Trump durante a campanha.

Naquele então, Assange contou que a descoberta sobre as irregularidades da candidata democrata foi feita por hackers russos, que lhe reenviaram a informação. A partir de então, o Partido Democrata afirmou que a Rússia e o próprio Assange estariam por traz da acusação, tentando ajudar a eleger Trump como presidente.

Segundo Assange, o magnata assegurou que lhe daria “um indulto ou outra saída” caso o ativista o ajudasse a comprovar que não havia nenhuma vinculação entre ele e o caso de Hillary. Ele também afirma que tem provas da oferta de Trump.

Na próxima semana, se iniciará a série de audiências que determinarão se Julian Assange será ou não extraditado aos Estados Unidos, onde poderia sofrer uma condenação de até 175 anos de prisão, pelo vazamento de mais 700 mil mensagens diplomáticas e documentos confidenciais sobre as atrocidades cometidas pelo Exército dos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum