quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Ataques deixaram 80 mortos, entre eles quatro militares dos EUA, diz agência iraniana; Trump nega

A agência de notícias iraniana Fars divulgou na madrugada desta quarta-feira (8) que os ataques com mísseis às bases de Al-Asad e de Irbil deixaram pelo menos quatro militares estadunidenses mortos e outros quatro feridos, citando como fonte um “oficial do corpo de informações” da Guarda Revolucionária do Irã.

O governo estadunidense nega que haja militares de suas forças mortos e, em tuíte, Donald Trump disse que “tudo está bem”.

No total, foram mortos 80 pessoas nos dois ataques com 15 mísseis lançados por Teerã contra alvos dos EUA, segundo a agência de notícias russa Sputnik.

Além disso, o Irã afirmou que os equipamentos militares dos EUA foram “seriamente danificados”, ressaltando que há outros 100 alvos prontos para serem atacados, caso Washington decida tomar medidas de represália.

“Por enquanto, os americanos receberam um tapa, a vingança é uma questão diferente”, disse líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei nesta quarta-feira (8), enfatizando que “movimentos militares como esse não são suficientes”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.