sábado, 31 out 2020
Publicidade

Avião ucraniano cai em Teerã e deixa ao menos 170 mortos

Um avião da companhia Ukraine International Airlines caiu na manhã desta quarta-feira (8) logo após sua decolagem do Aeroporto Internacional de Teerã, capital do Irã, com destino a Kiev. Segundo o Crescente Vermelho iraniano, a queda do Boeing 737 matou 170 pessoas, entre passageiros e tripulantes. Já a  Agência de Notícias da República Islâmica (IRNA), fala na morte de 176 pessoas no avião.

A Irna afirmou que, segundo um porta-voz do Aeroporto Internacional Imã Khomeiny de Teerã, estavam a bordo 167 passageiros e 9 membros da tripulação. Já um alto funcionário do ministério ucraniano das Relações Exteriores, Vassyl Kyrylytch, disse à AFP que “segundo informações preliminares havia 168 pessoas a bordo” do avião da Ukraine International Airlines.

“Nossa embaixada está a procura de informações sobre as circunstâncias desta tragédia e a lista de mortos”, acrescentou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, no Facebook. A embaixada ucraniana descartou a possibilidade de um ataque terrorista e alegou que acidente foi devido à “falha do motor do avião”.

A imprensa local afirma que o avião caiu nos arredores de Chahriar, zona oeste de Teerã, e foi consumido pelas chamas. Ainda de acordo com os jornais iranianos, a aeronave teve problemas técnicos logo no início do voo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.