quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Barcelona divulga guia sexual da pandemia que recomenda sexo ao ar livre

Documento produzido pela Agência de Saúde Pública da capital catalã afirma que “há menor risco de contato se o sexo for realizado em espaços abertos e bem ventilados”

O sexo em tempos de pandemia do coronavírus certamente é uma das grandes controvérsias deste estranho ano de 2020. Por isso, a Agência de Saúde Pública de Barcelona resolver intervir no debate com um documento com recomendações para que a prática sexual seja o mais segura possível.

O guia sexual de Barcelona tem uma versão online que está disponível em catalão, em formato de perguntas e respostas, com as que a agência sanitária considerou as dúvidas mais frequentes dos habitantes da cidade a respeito do tema.

A primeira questão a ser esclarecida pelo guia é sobre forma de contágio do vírus. Nesse sentido, o documento deixa claro que “não há evidências científicas, até o coronavírus possa ser transmitido através do sexo vaginal ou anal”.

Entretanto, há sim instruções para usar proteção durante o sexo oral. O texto também recomenda evitar beijos durante a relação, especialmente se a transa for entre pessoas que não moram juntas – o guia também desincentiva o sexo com parceiros não habituais.

Outro ponto curioso do documento é sobre os locais onde fazer sexo. O guia afirma que “há menor risco de contato se o sexo for realizado em espaços abertos e bem ventilados”.

O guia também sugere tomar banho antes e depois de cada relação, ou ao menos lavar as mãos com água e sabão em ambos os momentos, durante pelo menos 20 segundos. No caso de uso de brinquedos sexuais, estes também devem ser desinfectados.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).