sábado, 24 out 2020
Publicidade

Biden volta a atacar Trump antes do debate e revela sua declaração de impostos

Tanto ele quanto sua candidata a vice, Kamala Harris, publicaram suas declarações referentes ao ano de 2019. Pela manhã, a campanha do democrata lançou calculadora para o eleitor comparar seus impostos com os do atual presidente

A esta altura, ninguém mais tem dúvidas de que o escândalo dos impostos, revelado neste domingo pelo New York Times, será o principal elemento da estratégia de Joe Biden, candidato do Partido Democrata, no primeiro debate presidencial contra Donald Trump, que acontece nesta terça-feira (29).

Isso ficou ainda mais claro no final desta tarde, quando o senador e sua candidata a vice-presidenta, Kamala Harris, publicaram suas respectivas declarações de impostos referentes ao ano de 2019, no que foi lido pela imprensa estadunidense como mais uma alfinetada ao adversário do Partido Republicano, e candidato à reeleição.

No domingo, uma reportagem do New York Times mostrou que o mandatário estadunidense não pagou seus impostos de renda federais em 10 dos últimos 15 anos. A matéria também conta que no ano de 2016 Trump teria pago míseros 750 dólares de imposto de renda federal – quantia que não condiz com quem tinha, naquele mesmo ano, a 56ª maior fortuna dos Estados Unidos, e 487ª maior do mundo, segundo o ranking da revista Forbes.

Pela manhã, a campanha do candidato democrata lançou calculadora especial para que o eleitor possa comparar seus impostos com os do atual presidente.

Se trata do “Trump Tax Calculator”, um aplicativo que permite a qualquer contribuinte estadunidense calcular se pagou mais ou menos impostos federais do que Trump.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).