Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de novembro de 2019, 08h36

Bolívia: deputado do MAS, partido de Evo Morales, é eleito presidente da Câmara

Em seu primeiro discurso como presidente, Sergio Choque criticou a repressão policial no país e adiantou que introduzirá na Câmara um Projeto de Lei para recuar o Exército

Sergio Choque (Foto: Câmara dos Deputados da Bolívia)

Líder da bancada do Movimiento al Socialismo (MAS), partido de Evo Morales, Sergio Choque foi eleito nesta madrugada de quinta-feira (14) como presidente da Câmara dos Deputados da Bolívia. Em suas primeiras declarações depois da posse, Choque criticou a repressão policial no país e adiantou que introduzirá na Câmara um Projeto de Lei para recuar o Exército.

Em seu discurso, Choque denunciou a violação do Estado democrático na Bolívia através do golpe, protagonizado pelas Forças Armadas, que forçou Evo Morales a renunciar no último domingo (10). “Diga ao mundo que os direitos fundamentais, o direito à liberdade de expressão, a vida e a educação estão sendo violados, direitos que foram violados por este golpe com a Polícia e as Forças Armadas”, afirmou.

No discurso, Choque também cobrou o fim dos embates entre apoiadores de Morales e golpistas. “Não podemos mais nos enfrentar”, disse o novo presidente da Câmara.

Evo agora está asilado no México e, aproveitando a crise política no país, a senadora Jeanine Añez, do partido Democratas, se autoproclamou presidenta da Bolívia nesta terça (12). No entanto, partidários do MAS possuem a maioria do Legislativo e não respaldam o nome de Añez.

Ainda, posse de Sergio Choque pode colocar em xeque a autoproclamação da senadora, assim como desconhecer a renúncia apresentada pelo presidente boliviano.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum