Bolsonaro de fora? ONU exigirá comprovante de vacinação na Assembleia Geral

Presidente, que afirma que será o último brasileiro a se imunizar, também pode ter circulação restrita em Nova York devido às regras sanitárias da cidade

A Organização das Nações Unidas (ONU) exigirá comprovante de vacinação contra a Covid de todos os participantes da 76ª Assembleia-Geral que acessarão o prédio da entidade. O encontro terá início na próxima semana.

A medida foi anunciada através carta enviada às delegações dos países participantes nesta terça-feira (14) por Abdulla Shahid, atual presidente da Assembleia-Geral. Shahid anexou, no documento, correspondências da prefeitura de Nova York, onde será realizado o encontro, informando que o comprovante de vacinação é exigido para eventos em locais fechados, como é o caso da assembleia da ONU.

A decisão de exigir vacinação dos participantes pode colocar a ida de Jair Bolsonaro à assembleia em risco. Isso porque o mandatário brasileiro, que fará o discurso de abertura do encontro, conforme a tradição, ainda não se vacinou.

Além de atrasar a compra de vacinas e colocar em xeque a eficácia dos imunizantes, o presidente afirmou, em mais de uma ocasião, que seria o último brasileiro vacinado.

A carta do presidente da Assembleia-Geral da ONU não deixa claro se o comprovante será exigido também a chefes de Estado, mas diplomatas brasileiros dizem que não e que, por isso, Bolsonaro não teria problemas em participar do encontro. Além disso, a prefeitura de Nova York informou que disponibilizará testes de Covid e vacinas para os participantes da assembleia que queiram se imunizar.

Mesmo que possa entrar no prédio da ONU, Bolsonaro, no entanto, deve passar por constrangimentos, visto que ele é um chefe de Estado que decidiu não se imunizar e estará participando do maior evento de uma entidade que incentiva e apoia a vacinação.

Além disso, a gestão municipal da cidade exige comprovante de vacinação para as pessoas acessarem locais fechados, como bares e restaurantes. Neste ponto, o presidente brasileiro pode também ter problemas para circular pela metrópole estadunidense.

Publicidade
Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR