Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2020, 09h23

Bolsonaro negocia com Putin participação de empresa russa na usina nuclear de Angra 3

A empresa em questão é a Rosatom, cujo escritório na América Latina fica justamente no Rio de Janeiro, o que “confirma o status do Brasil como principal sócio latino-americano de Rússia nesta área”, segundo o embaixador russo Sergey Akopov.

Obras da usina nuclear de Angra 3 (foto: Eletrobras/divulgação)

Os governos do Brasil e da Rússia estão negociando a participação da empresa russa Rosatom na construção da central nuclear Angra 3, segundo declaração do embaixador russo no Brasil, Sergey Akopov.

“A corporação estatal examina a possibilidade de participar na construção da central nuclear Angra 3 no Estado do Rio de Janeiro”, disse o diplomata, em entrevista ao meio russo Sputnik News, na qual também exaltou a Rosatom como “líder mundial na construção de usinas nucleares”.

“A Rússia está interessada em cooperar com o desenvolvimento do programa nuclear do Brasil, assim como fizemos em muitos outros países, ajudando na construção de plantas de grande, média ou pequena capacidade, dependendo dos interesses do governo brasileiro nesse sentido”, explicou Akopov.

O embaixador lembrou que o escritório da Rosatom na América Latina fica justamente no Rio de Janeiro, o que “confirma o status do Brasil como principal sócio latino-americano de Rússia nesta área”.

A Rosatom já trabalha com o governo brasileiro no fornecimento de urânio para a produção de combustível às centrais nucleares, além de colaborar com a implementação de projetos de medicina nuclear no Brasil.

Nas negociações, também se estuda a possibilidade de introduzir tecnologias nucleares inovadoras na agricultura brasileira

Angra 3 é a terceira planta que irá compor a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, localizada na praia de Itaorna. As obras da Angra 3 já estão em andamento e estariam 60% concluídas, segundo matéria da Sputnil News.

Segundo Akopov, a negociação entre os governos da Rússia e do Brasil também inclui um convite do governo russo para que Jair Bolsonaro assista às atividades comemorativas do 75º aniversário da vitória russa sobre a Alemanha nazista, no próximo dia 9 de maio.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum