quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Bombardeios em Bagdá atingem embaixada dos EUA, diz mídia local

Segundo informações de redes de televisão do Iraque, um dos três mísseis lançados contra a Zona Verde de Bagdá nesta quinta-feira (8) teria atingido o interior do território da Embaixada dos Estados Unidos no Iraque. Não há registro de danos causados ou de feridos.

A rede Dijlah Tv destacou que fontes reportaram que dois dos três mísseis tinham como alvo a Embaixada. Um deles teria caído dentro da missão diplomática estadunidense e outro teria explodido na rua ao lado do local.

Agências de notícias internacionais, no entanto, afirmam que nenhum dos foguetes lançados chegou a adentrar em solo estadunidense. A Reuters afirma que um dos mísseis caiu a 100 metros do local. A Zona Verde é a região considerada a mais segura de Bagdá e concentra os principais prédios do governo iraquiano, além de missões diplomáticas de diversos países.

Não há informações sobre vítimas ou danos causados pelas explosões. Especula-se que as bombas teriam sido lançadas por milícias rebeldes iraquianas pró-Irã, mas autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Por volta das 20h20 (horário de Brasília), o porta-voz da coalizão dos Estados Unidos no Iraque confirmou que mísseis foram lançados na região, mas sem maiores transtornos. “A Coalizão militar confirma que pequenos foguetes causaram impacto perto da Zona Internacional de Bagdá, em 8 de janeiro às 23h45 (horário de Bagdá). Nenhuma vítima da Coalizão ou danos às instalações”, declarou o coronel Myles B. Caggins.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.