Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de junho de 2019, 11h43

Brasil com Bolsonaro está sob o risco da ‘idiocracia’, afirma Le Monde

O jornal comenta artigo de Hélio Schwartsman, que fala sobre o nível intelectual de Jair Bolsonaro

Foto: Reprodução

O jornal francês Le Monde publicou artigo, nesta sexta-feira (7), com o título de “O Brasil enfrenta o rico da ‘idiocracia’”, onde comenta a polêmica que causou o artigo “O Bolsonaro é inteligente?”, de Hélio Schwartsman, publicado no jornal Folha de S.Paulo. De acordo com o periódico, as preocupações que o articulista evoca estão vinculadas ao nível intelectual de Jair Bolsonaro, à frente do governo brasileiro desde 1º de janeiro.

O jornal se refere ao “caos que o presidente mantém, alimentando-se de controvérsias triviais e vulgares nas redes sociais, castigando a cultura, as ciências sociais e humanas, cortando orçamentos universitários e mantendo uma obsessão marcante com os assuntos fálicos, em detrimento do progresso de reformas cruciais”.

O Le Monde lembra ainda o episódio de Bolsonaro ter destacado, junto a um fã japonês, que em casa, “tudo é pequeno”, fazendo um sinal explícito da mão. Logo a seguir, é citado o caso de quando o presidente surpreendeu o país ao divulgar filme com o “golden shower”, pensando em denunciar a depravação do carnaval de rua. “Recentemente, o presidente brasileiro também citou a higiene do pênis como problema de saúde pública, para evitar, segundo ele, quase mil amputações do órgão sexual masculino”, completa o jornal francês.

“Por fim”, completa o periódico, “o país fica atordoado com os repetidos ataques de seus filhos, Flávio, Eduardo ou Carlos, todos políticos, aos militares presentes no governo, incluindo o vice-presidente, general Hamilton Mourão. Diante de uma oposição inexistente, o Presidente Bolsonaro está, de fato, alimentando sua própria oposição, dando a impressão de explodir seu próprio mandato”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum