O que o brasileiro pensa?
10 de fevereiro de 2020, 12h57

Brasileiro a bordo de cruzeiro japonês descreve pânico por coronavírus

Somente neste fim de semana, o número de pessoas contaminadas dentro do Diamond Princess subir de 65 para 135. O navio chegou à cidade com 3,7 mil pessoas a bordo, e a maioria continua dentro da embarcação, esperando autorização para sair.

O navio Diamond Princess, atracado há dias no porto de Yokohama, no Japão, liberou nesta segunda-feira (10) um novo grupo de 75 passageiros, que se encontravam em quarentena obrigada pelas autoridades japonesas desde o dia 3 de janeiro, devido à presença a bordo de pessoas contagiadas com o coronavírus.

Um dos liberados foi Thiago Campos Soares, que é tripulante do barco e trabalha como vigia dos passageiros durante a madrugada. Segundo ele, “alguns passageiros reclamavam muito da situação de não poder sair, mas com o tempo foram entendendo, e até agradecendo a gente”.

Soares também conta que o setor onde estão os passageiros contagiados causava pânico entre os demais. “Todos tinham medo de andar pelas áreas deles”, recorda. Segundo o brasileiro, a falta de informação sobre a doença e a duração da quarentena também alimentava o medo das pessoas.

Somente neste fim de semana, o número de pessoas contaminadas pelo coronavírus dentro do Diamond Princess subir de 65 para 135. O navio chegou à cidade com 3,7 mil pessoas a bordo, e a maioria continua dentro da embarcação, esperando autorização para sair.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum