Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de outubro de 2019, 18h05

Chapa Fernández-Kirchner lança programa de combate à fome na Argentina inspirado em Lula

De acordo com levantamento do Observatório de Dívida Social da UCA (Universidade Católica), 35,4% dos argentinos vivem na pobreza, sendo que 7,7% são indigentes

Foto: Ricardo Stuckert

Admirador de Lula, Alberto Fernández, candidato favorito à presidência da Argentina, lançou, nesta segunda-feira (7), o plano “Argentina Sem Fome”, com inspiração no “Fome Zero”, idealizado pelo ex-presidente do Brasil.

“Hoje, apresentamos a proposta ‘Argentina Sem Fome’, para terminar imediatamente com a vergonha de não poder alimentar nosso povo. Mas isso não é fixado por um plano, é fixado por uma Argentina de pé, determinada a acabar com a fome. E esse é o trabalho de todos”, tuitou Fernández, que tem como vice de sua chapa a ex-presidenta Cristina Kirchner.

“Vivemos num país que diz ter potencial para alimentar 400 milhões de pessoas, mas que não pode resolver a fome de 15 milhões de pessoas pobres”, declarou, na cerimônia de lançamento do plano, na Faculdade de Agronomia e Veterinária da Universidade de Buenos Aires.

Fernández é fã de Lula, inclusive, já foi visitá-lo na sede da superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, onde o ex-presidente está preso.

Pobreza

De acordo com levantamento do Observatório de Dívida Social da UCA (Universidade Católica), 35,4% dos argentinos vivem na pobreza, sendo que 7,7% são indigentes.

Duas pesquisas realizadas no final de semana apontaram que Fernández e Kirchner podem ganhar a eleição no primeiro turno. As consultoras Opinaia e Federico González & Asociados deram vitória, respectivamente, de 48% contra 30% de Mauricio Macri, e de 50% contra 27,9%.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum