Fórumcast #19
07 de julho de 2018, 16h10

Chile intensifica pedido de extradição de condenado por assassinato de Víctor Jara

O ex-oficial Pedro Pablo Barrientos Nuñez, que mora nos Estados Unidos, foi condenado pela morte do músico e folclorista, logo após o golpe militar n o Chile, em 1973

Foto: Wikimedia Commons

O governo chileno, por meio de sua chancelaria, intensificará o pedido de extradição do ex-oficial militar Pedro Pablo Barrientos Nuñez, que mora nos Estado Unidos desde 1989, segundo informações do G1. Ele é um dos condenados pelo assassinato do músico e folclorista Víctor Jara, em 1973, logo após o golpe militar, que colocou o general Augusto Pinochet no poder.

“É um caso de violações aos direitos humanos e, por isso, é essencial reativar esse caso que está pendente há muito tempo”, afirmou o chanceler chileno Roberto Ampuero, ao jornal “La Tercera”.

O Chile solicitou em 2014, oficialmente aos Estados Unidos, a extradição de Barrientos, mas a demanda segue sem resposta.

Em um julgamento civil, um tribunal federal norte-americano declarou, em junho de 2016, o ex-oficial chileno responsável pelo assassinato de Víctor Jara e mandou que pagasse 28 milhões de dólares em compensação a sua família.

A reativação do pedido de extradição de Barrientes segue a decisão emitida na terça-feira (3) pelo juiz chileno Miguel Vázquez, que condenou nove militares reformados pelo assassinato de Jara. Durante o governo de Pinochet, que durou até 1990, estima-se que 3.200 pessoas foram mortas e 28 mil torturados pelo Estado.

Veja também:  Viraliza livro que conta motivos para apoiar Bolsonaro, com 188 páginas em branco

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum