Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de janeiro de 2020, 22h51

Comandante do exército do Irã é assassinado em ataque aéreo dos EUA

Estados Unidos foram os responsáveis pela ação militar que matou o general Qassem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária do Irã

Erfan Kouchari/Tasnim News Agency

O comandante da Guarda Revolucionária do Irã, general Qassem Soleimani, foi assassinado na noite desta quinta-feira (2) após ataque aéreo comandado pelos Estados Unidos nas imediações do Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque. A informação foi confirmada pela TV estatal iraniana, Al Arabiya.

Segundo o Sputinik e a Al Jazeera, o ataque que matou Soleimani deixou também 12 militares iraquianos feridos e ainda vitimou Abu Mahdi Al-Muhandis, comandante da Unidades de Mobilização Popular (UMF), milícia responsável pelo ataque à embaixada dos EUA no Iraque.

Três bombas foram lançadas contra veículos que levavam combatentes ao aeroporto de Bagdá. A ação, comandada pelos Estados Unidos – segundo a Reuters -, teria deixado ainda outros sete mortos, sendo quatro iraquianos e três libaneses.

Segundo a rede Sky News Arabia e a BBC há uma “grande probabilidade” de entre os mortos estar um dos líderes do grupo libanês Hezbollah, Naem Qasm. Qasm é o segundo na linha de sucessão do grupo.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum