quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Conmebol muda sede e Flamengo disputará final da Libertadores no Peru

Do Chile, especial para a Fórum

A convulsão social iniciada em meados de outubro levou o Chile a perder outro evento internacional importante neste fim de ano. No caso, esportivo: a primeira decisão da Copa Libertadores da América de futebol em partida única aconteceria no Estádio Nacional de Santiago, mas a Conmebol decidiu modificar a sede da partida para o Peru.

A partida será entre o Flamengo e o River Plate, e acontecerá no Estádio Nacional de Lima, capital peruana. A Conmebol manteve a data original: 23 de novembro.

A decisão aconteceu minutos depois de o presidente da Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile (ANFP), Sebastián Moreno, confirmar que o Campeonato Chileno não poderá ser reativado no próximo fim de semana, por não haver garantias de segurança. Isso confirmou a especulação que havia no país, de que a Conmebol havia dado um ultimado ao Chile nos bastidores, de que se o futebol não voltasse neste fim de semana (dois antes da final) o país perderia a sede da partida histórica.

Agradecimento

Mesmo assim, o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez, agradeceu “ao governo chileno, que lutou durante muito tempo para fazer possível o sonho de realizar essa final histórica, mas infelizmente eu tive que tomar uma decisão”. O dirigente não fez nenhum comentário sobre a situação política no Chile, mas disse que “o governo do presidente (Martín) nos deu todas as garantias para que a partida aconteça em Lima, no dia 23”.

Também afirmou que em breve estará disponível “um sistema de devolução do dinheiro a todos aqueles que adquiriram entradas e não conseguirem alterar os destinos das suas passagens. Esse sistema também relançará à venda as entradas que forem sendo devolvidas”.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).