Cuba comemora 62 anos da Revolução com novo ordenamento monetário

A principal novidade é a unificação monetária e o fim do "peso conversível", moeda paralela popularmente chamada de CUC, que tem paridade com o euro e circula há 26 anos

Cuba comemorou, nesta quinta-feira (31), o 62º aniversário da Revolução e entrou em 2021 com um novo ordenamento monetário, que foi anunciado pelo presidente Miguel Díaz-Canel Bermúdez e pelo chefe geral do Exército, Raúl Castro, em 10 de dezembro de 2020.

A principal novidade é a unificação monetária e o fim do “peso conversível”, moeda paralela popularmente chamada de CUC, que tem paridade com o euro e circula há 26 anos.

Com essa mudança, Cuba passará a ter apenas uma moeda, com taxa de câmbio fixa: 24 pesos cubanos por um dólar. Miguel Díaz-Canel ressaltou que haverá mecanismos de regulação estatal para garantir o controle da inflação.

Durante a última reunião do Conselho de Ministros em 2020, o presidente de Cuba enviou um abraço de agradecimento ao povo cubano. Ele considerou 2020 como um “ano totalmente desafiador, mas no qual vencemos juntos”.

“Chegará 2021, vamos esperá-lo com votos, com vontade e sobretudo com muita confiança, porque juntos também vamos vencer em 2021”, disse ainda.

“Viva Cuba! Feliz Ano Novo! e parabéns pelo 62º aniversário do Triunfo da Revolução Cubana”, concluiu Miguel Díaz-Canel.

Com informações do Granma e do Brasil de Fato

Tags:

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR