Cuba reage a Trump: “governo desacreditado, desonesto e moralmente falido”

No apagar das luzes, Trump reclassificou a ilha como Estado patrocinador do terrorismo

Em seus últimos dias de atuação, o governo do presidente Donald Trump resolveu colocar Cuba em sua lista de “Estados patrocinadores do terrorismo”. O país havia sido retirado do documento durante o mandato de Barack Obama, em 2015, como parte do processo de reaproximação da relação bilateral.

O Ministério das Relações Exteriores de Cuba condenou “nos termos mais veementes e absolutos a fraudulenta qualificação” e chamou o ato do governo americano de “cínico e hipócrita”.

O anúncio feito pelo secretário de Estado Michael Pompeo, de acordo com o ministério cubano, “constitui um ato soberbo de um governo desacreditado, desonesto e moralmente falido”. A nota diz ainda que “é sabido, sem dúvida, que a verdadeira motivação para esta ação é impor obstáculos adicionais a qualquer perspectiva de recuperação nas relações bilaterais entre Cuba e os Estados Unidos”.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse em comunicado, nesta segunda-feira (11), que “o Departamento de Estado designou Cuba como Estado Patrocinador do Terrorismo por apoiar repetidamente atos de terrorismo internacional, fornecendo refúgio seguro a terroristas”.

“Com esta medida, voltaremos a responsabilizar o governo de Cuba e enviaremos uma mensagem clara: o regime de Castro deve pôr fim ao seu apoio ao terrorismo internacional e à subversão da justiça americana”, completou.

O governo de Joe Biden, que tomará posse em 20 de janeiro, poderia retirar Cuba da lista, mas antes Antony Blinken, indicado para suceder Pompeo, teria que fazer uma revisão formal, o que significa que a medida pode permanecer em vigor por meses.

Com informações da AFP, EFE e Granma

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR