Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de fevereiro de 2018, 08h30

Depois de comparar Trump a um fantoche, Maradona tem visto negado pelos EUA

Ex-craque argentino teve um novo pedido de visto negado pelo governo norte-americano; o motivo foi uma crítica que fez ao presidente dos EUA, comparando-o a um fantoche.

Ex-craque argentino teve um novo pedido de visto negado pelo governo norte-americano; o motivo foi uma crítica que fez ao presidente dos EUA.

Da Redação*

Os Estados Unidos negaram visto ao ex-jogador Diego Armando Maradona, que iria ao país para acompanhar o processo contra sua ex-esposa Claudia Villafane. O anúncio foi feito pelo advogado do argentino, Marias Morla, que creditou a recusa às críticas feitas pelo ex-craque ao presidente norte-americano, Donald Trump.

Em entrevista recente à emissora venezuelana “Telesur”, Maradona havia chamado o magnata republicano de “chirolita”, um insulto comum na Argentina e que, em português, seria algo como “fantoche”, ou seja, alguém que age sob as ordens de outros.

O ex-jogador foi casado com Villafane durante 13 anos e acusa a ex-esposa de ter roubado seu patrimônio. Segundo Maradona, ela comprou imóveis nos EUA usando o nome de solteira, mesmo ainda estando em matrimônio.

Maradona tem trajetória histórica de apoio aos governos e políticos progressistas. Recentemente, demonstrou sua solidariedade ao ex-presidente de Lula, postando fotos e mensagens dando força ao petista durante e após o julgamento do TRF-4.

*Com informações do Terra

Foto: Wikimedia Commons


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum