Eduardo Bolsonaro comemora no Twitter vitória do candidato de ultradireita da Polônia

Andrzej Duda fez durante a campanha ataques contra a comunidade LGBT, associando o movimento como uma “ideologia” pior do que o comunismo

O deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), comemorou em sua conta do twitter, na manhã desta segunda-feira (13), a reeleição à presidência do ultraconservador polonês Andrzej Duda, neste domingo.

Dudão deus os parabéns a Andrej e disse que “Brasil e Polônia seguirão sua irmandade, juntos na luta contra o comunismo e a favor da liberdade!”

“O povo polonês garantiu a continuidade do projeto conservador que tem salvo o país, reelegendo o Presidente Andrzej Duda. Parabéns, @AndrzejDuda! Brasil e Polônia seguirão sua irmandade, juntos na luta contra o comunismo e a favor da liberdade!”

Estreita margem

Andrzej foi reeleito no segundo turno das eleições com estreita margem de vantagem com relação ao prefeito de Varsóvia e representante da Plataforma Cívica (PO), Rafal Trzaskowsk.

Duda, do partido Lei e Justiça (PiS), recebeu 51,21% dos votos, enquanto Trzaskowski obteve 48,79% dos votos, com 99,97 % dos distritos apurados.

A diferença de votos entre os candidatos foi de cerca de 500 mil, de acordo com a Reuters.

Duda fez discursos pelos valores tradicionais da família polonesa, contra minorias, além de ter acusado a vizinha Alemanha de tentar ajudar a oposição durante a campanha eleitoral. Recorreu também a ataques contra a comunidade LGBT, associando o movimento pela consolidação desses direitos como uma “ideologia” pior do que o comunismo.

Duda colocou em prática, durante seu 1º mandato, um governo nacionalista e foi fortemente criticado pela União Europeia por implementar mudanças que restringiam a independência do Judiciário e a liberdade de imprensa no país.

Trzaskowski, que foi ministro do governo do ex-premiê polonês e ex-presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, defendia valores democráticos e uma Polônia progressista, alinhada com os valores da União Europeia. O seu partido, a Plataforma Cívica, ficou no poder de 2007 a 2015.

Com informações do G1

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR