quinta-feira, 29 out 2020
Publicidade

Eleições na Bolívia: TSE libera fotografia de atas de votação; Primeiro resultados saem às 19h

Apuração deve levar três dias para ser finalizada; urnas começaram a ser fechadas às 18h

Em coletiva de imprensa realizada na tarde deste domingo (18), o presidente do Tribunal Supremo Eleitoral da Bolívia, Salvador Romero, anunciou que os fiscais de urna poderão fotografar as atas de votação para garantir a veracidade dos votos apurados nas eleições gerais da Bolívia. Esse é o primeiro pleito desde o golpe de Estado que atingiu o país em 2019.

“A fotografia do registro não é apenas autorizada, mas encorajamos todos os cidadãos a fazerem uma fotografia de qualquer ata”, declarou Romero durante coletiva de imprensa.

Observadores defendiam que o TSE estimulasse os registros fotográficos com o objetivo de dar mais legitimidade à apuração. Ao contrário das eleições de 2019, o sistema de contagem rápida desse ano não passaria pela fotos. Após críticas, esse modelo foi cancelado. Agora, o TSE conta apenas com a apuração lenta.

Segundo Romero, a apuração deve levar cerca de três dias. Os primeiros resultados devem ser conhecidos às 19h – horário de Brasília. A expectativa é a contagem dos votos no exterior seja conhecida até o fim do dia.

O Movimento ao Socialismo, partido do ex-presidente Evo Morales e do candidato Luis Arce, está preparando uma contagem paralela com o objetivo de fiscalizar a contagem oficial. Pesquisas apontam que Arce pode vencer em primeiro turno.

Urnas

As urnas começaram a ser fechadas às 18h. Segundo observadores internacionais, a votação transcorreu com normalidade, apesar de algumas pequenas tensões.

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.