Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de junho de 2019, 14h13

Enfermeiro alemão é condenado a prisão perpétua pelo assassinato de 85 pacientes

Autor de crimes realizados em dos hospitais do interior do país, Niels Hoegel é considerado “o serial killer mais horrível da história moderna da Alemanha”, segundo a imprensa local

O serial killer Niels Höegel (Reprodução)

O ex-enfermeiro Niels Höegel, acusado de uma série de assassinatos e tentativas de assassinato de pacientes, foi sentenciado nesta quinta-feira (6/6), pelo Tribunal de Oldenburg, a cadeia perpétua.

Durante o julgamento, em sua defesa, Höegel alegou que gostava de colocar pacientes em parada cardíaca, para provar a sensação de poder ressuscitá-los. Baseada nesta e em outras declarações assustadoras, o ex-enfermeiro passou a ser chamado pela imprensa local como “o serial killer mais horrível da história moderna da Alemanha”.

Segundo a agência alemã DPA, Höegel trabalhou no hospital municipal de Oldenburg, cidade no noroeste do país, entre 1999 e 2002. Depois, entre 2003 e 2005, trabalhou em outro hospital, em Delmenhorst. Os crimes investigados no processo aconteceram em ambos os locais, entre 2003 e 2005.

Höegel já havia sido condenado em 2015, por dois assassinatos e duas tentativas de assassinato, razão pela qual já estava cumprindo uma sentença de prisão perpétua. Contudo, a nova condenação reforça a questão da gravidade dos crimes praticados, o que retira dele o benefício de medidas cautelares. Segundo o sistema alemão o enfermeiro poderia cogitar uma liberdade condicional após os 15 anos de pena mínima para o seu caso. Com a sentença dessa semana, isso já não será possível.

Além das 85 mortes pela que foi condenado, Niels Höegel também foi apontado como suspeito em outros 15 casos, que totalizariam um total de 100 vítimas no total. Porém, foi inocentado nessas outras por falta de provas.

Com informações do USA Today.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum