sábado, 24 out 2020
Publicidade

Entrevista de Biden teve 1 milhão a mais de espectadores que a de Trump

Candidatos apareceram em programas simultâneos de dois diferentes canais, após debate ser cancelado por recusa de Trump em participar de evento que não fosse presencial

A chamada “guerra de canais” desta quinta-feira (15) terminou com aparente vitória de Joe Biden, candidato do Partido Democrata, e também da rede ABC, ao menos tomando em conta o critério da audiência.

A noite foi marcada por duas entrevistas simultâneas com os principais candidato à presidência dos Estados Unidos. Enquanto Biden falava à ABC, o atual presidente estadunidense, Donald Trump, compareceu aos estúdios da NBC.

Segundo o jornal britânico The Guardian, o vencedor foi Biden, cuja entrevista teve 1 milhão a mais de espectadores que a de Trump.

Os programas foram ao ar no mesmo horário: às 20h, segundo o fuso da Costa Leste estadunidense.

Vale recordar que as duas entrevistas foram marcadas depois que o debate que estava agendado para essa mesma noite teve que ser cancelado – devido à recusa de Trump em participar de evento que não fosse presencial.

Biden também lidera a corrida eleitoral segundo as pesquisas. A mais recente dá uma vantagem de 17 pontos percentuais ao candidato do Partido Democrata.

As eleições nos Estados Unidos já estão acontecendo, graças ao modelo de voto por correspondência já habilitado na maioria os estados, e que está tendo adesão recorde devido à pandemia do coronavírus.

A votação de forma presencial acontecerá no dia 3 de novembro, assim como o início da apuração, que poderia durar dias, devido aos votos que chegarão pelo correio.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).