Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de fevereiro de 2019, 18h40

Ernesto Araújo sugere que “ditadura” da Venezuela é pior que a da Coréia do Norte

Ministro das Relações Exteriores chegou a gaguejar quando foi perguntado por um repórter o que ele acha do fato de o Brasil dialogar com a Coréia do Norte e não dialogar com o governo de Nicolás Maduro na Venezuela; assista

Foto: Agência Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, sugeriu nesta segunda-feira (25) que a “ditadura” da Venezuela seria pior que a da Coréia do Norte. Em entrevista à GloboNews, o chanceler se enrolou para responder a uma pergunta sobre o motivo pelo qual o governo brasileiro dialoga com o governo norte-coreano e não dialoga com o presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro.

“São situações diferentes. No caso da Venezuela, é um caso onde o regime está oprimindo seu povo de maneira brutal, as pessoas estão passando fome, inclusive atiram nas pessoas que querem ter acesso à ajuda humanitária”, disse, ao que o repórter rebateu: “Na Coréia do Norte a mesma coisa”.

O chanceler, então, seguiu com sua resposta truncada. “Não sei se necessariamente com esse… Esse grau de brutalidade que vimos nesse final de semana”, afirmou, em meio a gaguejadas.

A declaração foi dada após reunião entre o ministro, o vice-presidente Hamilton Mourão, representantes do Grupo de Lima e o deputado Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente da Venezuela. No encontro, os líderes pediram para que a solução da crise no país governado por Nicolás Maduro se dê de forma pacífica.

Já há algumas semanas que governos aliados à Maduro alertam para o fato de que a “ajuda humanitária” encampada pelos Estados Unidos com o apoio do Brasil se trata, na verdade, de um plano para intervir militarmente na Venezuela.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum