Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de fevereiro de 2020, 19h05

EUA devolve tesouro arqueológico do Haiti tomado por “colecionador”

Quase 500 artefatos foram devolvidos ao país caribenho

Foto: Prensa Latina

O governo dos Estados Unidos devolveu, nesta sexta-feira (14) um tesouro arqueológico de 479 peças resgatadas pelo FBI em 2014. As relíquias foram encontradas na casa de Donald Miller junto a itens de diversos países.

Segundo o FBI, Miller mantinha uma coleção de 42 mil peças. Ele teria participado de escavações ilegais em diversos países e se apropriado de objetos históricos e outros artefatos. Cerca de dois mil ossos humanos, principalmente de tumbas ameríndias, também foram levados por ele.

“Na lista, há 2.000 ossos humanos, principalmente de tumbas ameríndias destroçadas, e 7.000 objetos culturais maltratados, incluindo as centenas roubadas do Haiti”, afirmou Tim Carpenter, agente especial do FBI, ao AyiboPost.

Antes de morrer – em 2015 -, Miller teria aceitado devolver tudo o que era irregular. Em janeiro de 2019, 360 artefatos foram devolvidos à China.

Em 2020, chegou a vez do Haiti. O país, que pretende ampliar o Museu Nacional do Panteão Haitiano, comemorou a chegada das peças restituídas. “É o resultado de uma parceria entre os dois estados para combater o tráfico ilegal de bens culturais”, disse o Ministério da Cultura pelo Twitter.

Com informações de Sputnik News, Indianapolis News e Prensa Latina


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum