Fórum Educação
22 de Maio de 2020, 20h18

EUA impõe sanções a 33 empresas da China por suposto “envolvimento com armas de destruição massiva”

Autoridades estadunidenses também acusam as entidades chinesas de serem cúmplices de violações dos direitos humanos contra Hong Kong e de colaborar com as estratégias militares de defesa do seu país

A águia dos Estados Unidos contra o dragão da China (Imagem: reprodução Twitter)

O Departamento de Comércio dos EUA divulgou nesta sexta-feira (22) que que 33 empresas chinesas entraram na lista de entidades sancionadas economicamente pelo país.

O anúncio se deu através de dois comunicados. No primeiro, foi informado que os Estados Unidos impuseram sanções contra 24 empresas supostamente ligadas ao desenvolvimento de armas de destruição em massa e atividades militares de Pequim.

O segundo comunicado incluiu o Instituto de Ciência Forense do Ministério de Segurança Pública da China e oito empresas que, segundo as autoridades americanas, “são cúmplices em violações de direitos humanos e abusos cometidos na campanha de repressão, detenção arbitrária. Trabalho forçado e vigilância maciça de alta tecnologia da China contra movimentos em Hong Kong e outros grupos minoritários que tentam sobreviver no país”.

Também neste segundo comunicado, as autoridades norte-americanas detalharam que “esta ação torna proibida a exportação, reexportação ou transferência dentro do país (Estados Unidos) de artigos para essas entidades”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum