Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de janeiro de 2020, 19h52

EUA já avaliam que conflito com Irã pode atingir Brasil

Embaixada dos EUA no Brasil emitiu alerta para os estadunidenses que moram no país

Foto: Alan Santos/PR

A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil emitiu um alerta na tarde desta terça-feira (7) a cidadãos estadunidenses que moram no Brasil para evitarem pontos turísticos e andarem com discrição nas ruas. A postura indica um temor de uma possível retaliação ao país após o governo do presidente Jair Bolsonaro se colocar ao lado dos EUA em meio a escalada nos conflitos com o Irã.

Segundo informações da repórter Isa Staciarini, da rádio CBN, “entre as recomendações está a de manter a discrição, ficar em alerta sobre o que acontece ao redor em locais frequentados por turistas”. A embaixada entende que as tensões no Oriente Médio podem refletir em outros países do exterior, como o Brasil.

O Itamaraty, comandado por Ernesto Araújo, adotou uma posição pró-EUA defendendo o “combate ao terrorismo” sem comentar diretamente sobre o assassinato do general Qassem Soleimani por parte do governo Trump. “Ao tomar conhecimento das ações conduzidas pelos EUA nos últimos dias no Iraque, o Governo brasileiro manifesta seu apoio à luta contra o flagelo do terrorismo e reitera que essa luta requer a cooperação de toda a comunidade internacional sem que se busque qualquer justificativa ou relativização para o terrorismo”, dizia a mensagem.

A postura foi criticada por parlamentares da oposição no Brasil e fez com que país persa solicitasse explicações à Embaixada brasileira no Irã. Ao comentar sobre o caso, o presidente Jair Bolsonaro tentou desconversar, mas logo reafirmou o conteúdo da nota.  “Nós repudiamos terrorismo em qualquer lugar do mundo e ponto final. É um direito deles, como é o meu também”, afirmou.

Leia aqui a nota da Embaixada dos EUA no Brasil

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum