domingo, 20 set 2020
Publicidade

EUA vai enviar 3000 tropas ao Oriente Médio após ataque a general iraniano

Mais de 3 mil tropas da 82ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos serão enviados para reforçar as bases estadunidenses no Oriente Médio após o ataque à bomba coordenado pelo presidente Donald Trump que matou o general Qasem Soleimani, comandante da Força Al Quds, unidade especial da Guarda Revolucionária do Irã.

A informação, confirmada por fontes oficiais de Washington, foi divulgada pouco antes do presidente Donald Trump afirmar que assassinou Soleimani com o objetivo de “parar uma guerra”. “O que os Estados Unidos fizeram ontem deveria ter sido feito há muito tempo, muitas vidas teriam sido salvas”, disse ainda durante pronunciamento.

Segundo o Pentágono, o assassinato do general iraniano teve como objetivo um “futuro ataque” que poderia vitimar diplomatas do país. Horas mais tarde, o secretário de Estado, Mike Pompeo, falou em um “iminente ataque”.

Os três mil soldados se juntam a outros 750 que foram mandados para o Kuwait no início da semana após a ocorrência de protestos na Embaixada dos EUA no Iraque.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.