Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de novembro de 2019, 21h18

Evo Morales denuncia consumação do golpe de Estado com autoproclamação de senadora de direita

"O golpe se consuma com o sangue de irmãos mortos pelas forças policiais e militares usadas para o golpe", denunciou o ex-presidente Evo Morales, derrubado por um golpe de Estado

Evo Morales (Divulgação)

Evo Morales, presidente da Bolívia derrubado por um golpe de Estado, comentou a autoproclamação da senadora Janine Añez e afirmou que agora o golpe foi consumado. Morales denunciou que a atitude de Añez, que se proclamou presidenta em uma sessão do Senado sem quórum, é uma violação à Constituição da Bolívia.

“O golpe mais astuto e desastroso da história foi consumado. Uma senadora golpista de direita se autoproclama presidenta do senado e depois presidente interina da Bolívia sem um quorum legislativo, cercada por um grupo de cúmplices e apoiada pelas Forças Armadas e pela Polícia que reprimem o povo”. declarou Morales.

Em seguida, o ex-líder sindical denunciou o rompimento da Constituição. “Eu denuncio à comunidade internacional que o ato de autoproclamação de uma senadora como presidente viola o Constituição Política de Estado da Bolívia e as regras internas da Assembléia Legislativa. O golpe se consuma com o sangue de irmãos mortos pelas forças policiais e militares usadas para o golpe”, disse.

Autoproclamação

A senadora Jeanine Añez era a segunda vice-presidenta do Senado e tomou a presidência da casa legislativa após a renúncia dos demais senadores, ameaçados pelo golpistas, que queimaram casas e sequestraram parentes de lideranças do MAS. Añez convocou sessão na tarde desta terça-feira, mas não garantiu, junto às Forças Armadas, a segurança de nenhum dos legisladores massistas.

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum