quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Evo Morales diz que Bolívia pode sofrer golpe de Estado ainda esta semana

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou neste domingo (27) que seus adversários estão articulando um golpe de Estado para os próximos dias. Desde que foi anunciada a sua vitória nas eleições bolivianas em primeiro turno, Morales tem sofrido diversos ataques e protestos incitados por seu principal concorrente Carlos Mesa, que não aceita a derrota no pleito.

“Alerto desde Vila Vila (povoado rural) a todo o povo boliviano: distintos setores sociais (…) se preparam para fazer um golpe de Estado na próxima (esta) semana”, disse Evo Morales em um ato público.

Presidente boliviano entre 2003 e 2005, Mesa disse no sábado (26) que não reconhece a proclamação oficial de Morales para um quarto mandato e alega que vitória foi “resultado de uma fraude”. A oposição anunciou que a partir de segunda-feira os protestos devem se intensificar no país, especialmente em La Paz, sede do Executivo e do Legislativo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.