Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de novembro de 2019, 22h52

Evo Morales embarca rumo ao México: “Em breve, volto com mais força e energia”

Ex-presidente boliviano já está na aeronave do governo do México, enviada para garantir seu transporte seguro

Evo Morales (Foto: Reprodução/Twitter)

O ex-presidente Evo Morales, vítima de um golpe de Estado na Bolívia, já embarcou no avião enviado pelo presidente Andrés Manuel López Obrador, do México, para resgatá-lo. Em sua despedida, Morales publicou uma sequência de mensagens, dizendo que é doloroso deixar o país, condenando a ação das Forças Armadas aliadas com o neoliberalismo e mostrando como foi sua última noite, logo após renunciar.

“Irmãs e irmãos, parto para o México, agradecido pelo desprendimento do governo desse povo irmão que nos deu asilo para cuidar de nossas vidas. Me dói abandonar o país por razões políticas, mas sempre estarei pendente. Em breve, volto com mais força e energia”, publicou Morales, provavelmente naquela que foi a última mensagem em solo boliviano. Poucos minutos depois o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, confirmou que o ex-presidente já estava na aeronave.

O ex-líder sindical ainda denunciou o descompromisso das Forças Armadas com o povo boliviano. “Para um presidente indígena que representa o povo humilde, a polícia se revolta e ataca enquanto as Forças Armadas pedem sua renúncia. Para os políticos neoliberais que detêm o poder econômico, a Polícia e as Forças Armadas reprimem as pessoas que defendem a democracia com justiça, paz e igualdade”, disse.

Um pouco antes, Morales ainda havia feito uma postagem mostrando como foi sua última noite na Bolívia antes de partir para o México. Ele aparece sentado no chão ao lado de uma rede improvisada. “Esta foi minha primeira noite depois de deixar a presidência forçada pelo golpe de Mesa e Camacho com a ajuda da polícia. Assim, lembrei-me dos tempos dos líderes. Muito grato aos meus irmãos das federações do Trópico de Cochabamba por fornecerem segurança e cuidado”, contou.

Segundo o jornalista Ari Lijalad, do El Destape, embarcaram junto de Evo o ex-vice presidente Álvaro Garcia Linera e a ex-senadora e ex-ministra da Saúde Gabriela Montaño.

Plano conjunto: Argentina, Peru e México

Para que Morales pudesse partir para o asilo político concedido pelo México, foi necessária uma ação coordenada entre López Obrador, Alberto Fernández, presidente eleito da Argentina, e Martín Vizcarra, presidente do Peru. Como o tráfego aéreo boliviano está fechado, foi preciso que o Peru permitisse a chegada o avião cedendo seu espaço aéreo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum