No rastro do óleo do Nordeste
10 de agosto de 2019, 21h22

Fascistas, que apoiam Matteo Salvini, se unem à máfia para ameaçar jornalistas na Itália

Ministro italiano do interior, Salvini é ligado a O Movimento, de Steve Bannon, que tem como embaixador na América Latina o deputado federal Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro e Matteo Salvini (Reprodução/Youtube)

Reportagem de Lucas Ferraz, publicada neste sábado (10) no site da Folha de S.Paulo, revela que grupos neofascistas que apoiam o ministro do interior da Itália, Matteo Salvini, estão se unindo à máfia para perseguir jornalistas.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Salvini é ligado a O Movimento, de Steve Bannon, que tem como embaixador na América Latina o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O ultradireitista italiano foi um dos primeiros chefes de estado a cumprimentar Jair Bolsonaro pelas vitória nas eleições presidenciais e os dois planejam se encontrar em breve. Em abril, Eduardo esteve na Itália e gravou um vídeo com Salvini.

“Um jornalista sob escolta por ameaças de neofascistas, 74 anos depois do fim do fascismo, é um sinal do clima de raiva e ódio no país”, diz Paolo Berizzi o 22º jornalista italiano a receber escolta armada.

Berizzi trabalha no jornal La Repubblica e é autor de “Nazitalia”, livro que narra o submundo e a forma de atuação de pelo menos 15 grupos extremistas —neonazistas e neofascistas— existentes na Itália.

Imprensa inimiga
O discurso agressivo de Salvini contra a imprensa, que ele considera um inimiga, contribui para piorar a situação dos jornalistas.

Nesta semana, o ministro insultou um jornalista que flagrou seu filho adolescente na praia em um jet-ski da polícia, sugerindo que ele é pedófilo e incentivando-o a ir filmar outros jovens.

A Itália é o país da Europa ocidental com o maior número de jornalistas ameaçados. Desde os anos 1960, 28 repórteres foram assassinados, a maioria por ordem do crime organizado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum