Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de janeiro de 2020, 16h49

Foto de “força tarefa” de Trump contra coronavírus expõe falta de diversidade no governo

Dos 14 especialistas consultados por Trump apenas uma é mulher

Reprodução

Um sequência de fotos publicada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na última quarta-feira (29), chamou atenção na imprensa estadunidense pela presença de apenas uma mulher na força tarefa formada pelo governo para lidar com a crise do coronavírus. As imagens foram comparadas com fotos tiradas durante reunião realizada pelo ex-presidente Barack Obama sobre o surto de Ebola.

“Acabamos de receber um briefing sobre o Coronavírus na China de todas as nossas grandes agências, que também estão trabalhando em estreita colaboração com a China. Continuaremos a monitorar os desenvolvimentos em andamento. Temos os melhores especialistas em qualquer lugar do mundo, e eles estão no topo 24/7!”, disse o presidente no tuíte.

A professora e ativista canadense Helen Kennedy criticou o perfil dos presentes com a hashtag #OldWhiteMen (Homens brancos velhos) logo após a publicação. Das 14 pessoas sentadas na mesa junto ao presidente Donald Trump, apenas uma é mulher.

O comentarista político Brandon Tensley, em artigo publicado na CNN na quinta-feira, criticou a falta de diversidade entre os especialistas convocados por Trump. “Quem são esses especialistas? Eles são basicamente os mesmos tipos de homens brancos (e duas mulheres à margem) que dominam o governo Trump desde o início”, diz.

Tensley ainda relaciona a imagem com uma sacada durante a crise do Ebola. “Por outro lado, o círculo de conselheiros do ex-presidente Barack Obama diante do surto de Ebola de 2014 na África Ocidental não era tão monocromático. Nem foi tão abismal em termos de diversidade de gênero. (É claro que, para contextualizar, o governo de Obama, em geral, era muito mais diverso do que o de Trump)”, afirma.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum