Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de dezembro de 2018, 17h09

Futuro chanceler de Bolsonaro diz que representante da Nicarágua não será recebido na posse

No começo da semana foi a vez de Cuba e a Venezuela serem desconvidados pelo Itamaraty

Foto: Divulgação

O futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, avisou neste domingo (23), através de sua conta no Twitter, que o Brasil não receberá representantes da Nicarágua na posse de Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro, em Brasília.

“A posse do PR Bolsonaro marcará o início de um governo com postura firme e clara na defesa da liberdade. Com esse propósito e frente às violações do regime Ortega contra a liberdade do povo da Nicarágua, nenhum representante desse regime será recebido no evento do dia 1°”, publicou Araújo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A Nicarágua enfrenta a maior crise política do país desde a Revolução Sandinista, em 1979.

O governo de Daniel Ortega enfrenta ondas de protestos e greves nacionais, centenas de pessoas já foram mortas e tem havido conflitos nas ruas do país.

Cuba e Venezuela

O Ministério das Relações Exteriores informou nesta segunda-feira (17) que convidou, e depois, por recomendação da equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, desconvidou, os presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e de Cuba, Miguel Díaz-Canel, para a posse de Jair Bolsonaro em 1º de janeiro.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum