O que o brasileiro pensa?
28 de janeiro de 2020, 14h26

Indígenas peruanos barram privatização de áreas na Amazônia para exploração de petróleo

O governo peruano planejava autorizar a exploração de petróleo e mineração em terras indígenas da floresta

Foto: Márcio Ferreira/ Pará/Fotos Públicas

A Justiça do Peru acatou, na quarta-feira passada (22), com a mobilização de uma organização indígena do país e decidiu proibir a exploração de uma de suas terras na Amazônia, região próxima à fronteira com o Brasil. O local serviria para exploração de petróleo e mineração.

A decisão, anunciada pelo Instituto de Defesa Legal (IDL) do país, que assessorou o caso, veio após um processo de 2017 da Organização Regional de Povos Indígenas do Oriente que exigiu ao governo peruano e à agência estadual de energia Perupetro que suspendessem a exploração de três lotes de petróleo na região de Loreto, localizada no norte da Amazônia, no Peru.

O juiz responsável pelo caso ainda cobrou do governo peruano que estabelecesse uma zona de proteção rígida ao redor da área indígena. O Ministério de Energia e Minas do Peru e a Perupetro planejavam desenvolver zonas de petróleo dentro do parque nacional Sierra del Divisor, área de grupos indígenas que vivem em isolamento voluntário reconhecidos pelo governo em 2018 e 2019.

“Essa decisão é histórica porque é a primeira a favor dos povos indígenas em isolamento voluntário contra empresas de petróleo”, disse Maritza Quispe, advogada da IDL.

Com informações da Reuters.



Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum