Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de janeiro de 2020, 20h56

Irã assume ataque a bases dos EUA no Iraque

Pelo menos duas das bases militares usadas pelos Estados Unidos no Iraque teriam sido alvejadas

Reprodução/Twitter/Fars News Agency

O ataque à bomba, na noite desta terça-feira (7), à base militar iraquiana de Al Asad, usada pelas tropas da coalização dos Estados Unidos no Iraque, foi assumido pela Guarda Revolucionário do Irã (GRI) – o exército iraniano. Outras bases também teriam sido atacadas. O Irã afirmou que pretende fazer mais lançamentos caso os EUA sigam com o conflito.

Nota enviada pela GRI à imprensa disse que “os pesados ataques de mísseis ar-ar na base dos EUA de al-Assad em retaliação pelo brutal assassinato do major-general Shah Qassim Suleimani e seus assessores”.

Informações divulgadas pela agência de notícia Fairs dão conta de que todas as bases dos EUA no Iraque foram alvejadas.

Donald Trump está monitorando a situação. “Estamos cientes dos relatos de ataques às instalações dos EUA no Iraque. O presidente foi informado e está monitorando a situação de perto e consultando sua equipe de segurança nacional”, disse um comunicado da Casa Branca a jornalistas.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum