Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de janeiro de 2020, 15h59

Irã deixa acordo nuclear e retoma enriquecimento de urânio

Segundo autoridades iranianas, o país está disposto a retomar seus compromissos caso os Estados Unidos levantem as sanções impostas

Exploração de petróleo no Irã (Foto: AlJazeera)

O Irã anunciou neste domingo (5) que vai abandonar completamente o acordo nuclear firmado em 2015 que previa restrições ao programa de enriquecimento de urânio do país persa. O anúncio vem três dias após os Estados Unidos promoverem um ataque à drone que assassinou o general Qasem Soleimani, comandante da Força Al Quds, unidade especial da Guarda Revolucionária do Irã.

Segundo o governo, o programa nuclear iraniano”não enfrente mais nenhuma restrição operacional” e será pautado a partir de agora apenas por “necessidades técnicas”. O informe divulgado pelas autoridades do país persa ainda diz que a cooperação coma Agência Internacional de Energia Atômica continuará apesar da saída do acordo.

As autoridades iranianas afirmam ainda que estão prontas a “retomar o cumprimento das obrigações previstas no Acordo Nucelar caso os Estados Unidos levantem as sanções” impostas sobre o pais.

Provocações

Mais cedo, o general do exército iraniano Abdolrahim Musavi respondeu a ameaças feitas pelo presidente dos Estados Unidos Donald Trump, dos EUA. “Num potencial conflito no futuro, o que eu não acredito que eles [americanos] tenham coragem de realizar, vai ficar mais claro onde os números 5 e 2 vão se encaixar”, afirmou. Trump disse que já elegeu 52 alvos no Irã.

Retirada do Iraque

Também neste domingo, o Parlamento do Iraque determinou a expulsão das tropas dos Estados Unidos de seu território após a escalada de conflitos na região.

Com informações do Russia Today


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum