Jogadora se nega a homenagear Maradona em minuto de silêncio e sofre ameaças

“Quinta-feira foi o dia contra a violência de gênero, e um minuto de silêncio foi para um homem que foi reconhecido como abusador, e não para as vítimas”, disse Paula Dapena

A jogadora Paula Dapena, do time da terceira divisão espanhola, Viajes Interrías, se recusou a homenagear Maradona no minuto de silêncio prestado ao ex-craque, na última quinta-feira (26), e protestou sentada de costas, enquanto as companheiras ficavam de pé.

De acordo com a jogadora, o protesto foi por conta do passado do argentino.

“Quinta-feira foi o dia contra a violência de gênero, e um minuto de silêncio foi para um homem que foi reconhecido como abusador, e não para as vítimas. Meus ideais feministas não permitiam homenagear Maradona. Para mim, Maradona foi um jogador espetacular, mas como pessoa deixou muito a desejar. Para mim, é preciso ter valores acima das habilidades”, disse à Rádio Marca. Ela afirmou ainda que recebeu apoio de todos no clube.

Ela revelou ainda, em entrevista ao jornal AS, que após o protesto ela e as companheiras vêm recebendo ameaças.

“Não fui só eu vítima de assédio nas redes sociais, mas minhas companheiras de equipe também. Por terem a conta pública, começaram a receber mensagens. Para mim, chegaram a dizer ‘vou descobrir onde você mora, vou a tua casa e partirei suas pernas’, contou.

Maradona morreu na última quarta-feira, aos 60 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Com informações do Terra

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR