Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de junho de 2018, 13h35

Leonardo Boff quer que Trump responda por crimes contra a humanidade

Teólogo posta no Twitter dura crítica em relação à política norte-americana de separar violentamente filhos pequenos de seus pais imigrantes

 

Indignação! Assim pode ser resumido o sentimento do escritor e teólogo Leonardo Boff, em relação à política norte-americana de separar filhos e pais imigrantes, que entram nos Estados Unidos, supostamente, de forma ilegal. Além disso, segundo a prática norte-americana, todo imigrante que entrar no país sem documento é processado judicialmente, mesmo que não tenha antecedentes penais.

“Sou da opinião de que Trump deve ser acusado na Corte Suprema de Haia por crimes contra a humanidade ao separar violentamente filhos pequenos de seus pais. ‘Ese quiero mi papa’ de uma criança em lágrimas deve chegar ao coração de quem ainda não perdeu sua humanidade mínima”, escreveu o teólogo.

Depois de muita pressão internacional, em função das imagens espalhadas pelo mundo, mostrando crianças chorando por estarem longe dos pais, na quarta-feira (20), Trump assinou um decreto para impedir a separação familiar, no caso de imigração ilegal para os Estados Unidos. A iniciativa valerá somente para novos casos. Portanto, não muda a situação de cerca de 2,3 mil crianças já separadas dos pais detidos na fronteira por entrada ilegal no país.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum