Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de março de 2020, 13h34

Liga Árabe exige que Israel liberte presos palestinos por pandemia do coronavírus

Órgão regional apelou à comunidade internacional para que também pressione o governo de Netanyahu a fornecer proteção aos palestinos contra a pandemia

Palestinos presos por forças de segurança isralenses (foto: Palestina Libre)

Em um comunicado publicado nesta segunda-feira (23), a Liga Árabe declarou que o governo de Israel precisa soltar urgentemente os prisioneiros palestinos mantidos em suas penitenciárias, devido à pandemia do coronavírus.

A entidade, que reúne dezenas de países árabes da África e da Ásia, afirma que “as regras do Direito Internacional Humanitário exigem que o governo de Benjamin Netanyahu atue imediatamente para impedir que esses mais de 5 mil prisioneiros possam ser protegidos da pandemia”.

Segundo números também mencionados pelo documento da Liga Árabe, a população prisional palestina inclui mais de 700 idosos, entre homens e mulheres, além de pessoas que sofrem de várias doenças crônicas, que afetam o sistema imunológico. Também há 180 crianças e 42 mães.

O vice-secretário-geral da Liga Árabe, Saeed Abu Ali, disse que Israel deve oferecer a proteção necessária à vida dos prisioneiros em meio à disseminação do coronavírus.

Também em declaração dada nesta segunda, a OLP (Organização para a Libertação da Palestina) solicitou que Israel realizasse testes com todos os presos, para descartar ou confirmar casos positivos de Covid-19, além de fornecer produtos para garantir a higiene a todos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum