Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de novembro de 2019, 20h20

Lula condena golpe contra Evo Morales na Bolívia

"É lamentável que a América Latina tenha uma elite econômica que não saiba conviver com a democracia e com a inclusão social dos mais pobres", declarou o ex-presidente

Foto: Reprodução/Twitter

O ex-presidente Lula condenou o golpe de estado sofrido pelo presidente Evo Morales na Bolívia, forçado a renunciar pelas Forças Armadas, que aderiu ao golpismo da direita. Lula, que já havia se solidarizado com Evo, em discurso feito em São Bernardo do Campo, lamentou que a elite econômica da América Latina não conviva com a democracia e a inclusão.

“Acabo de saber que houve um golpe de estado na Bolívia e que o companheiro Evo Morales foi obrigado a renunciar. É lamentável que a América Latina tenha uma elite econômica que não saiba conviver com a democracia e com a inclusão social dos mais pobres”, disse o ex-presidente.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou neste domingo sua renúncia pouco depois das Forças Armadas e da Defensoria Pública boliviana aderirem ao golpismo promovido pela oposição, capitaneada por Luis Fernando Camacho e Carlos Mesa, segundo colocado nas eleições de 20 de novembro. O pleito, rejeitado pela direita, garantiu um quarto mandato ao ex-líder sindical cocaleiro.

Golpe na Bolívia


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum